Tradução

terça-feira, 26 de abril de 2016

Conhecendo melhor o nosso cantinho!





Colorir foi sempre o que ela quis, desde pequena sonhava com um mundo onde as pessoas pudessem transformar os seus sonhos tão pequenos em grandes sonhos, onde o céu fosse mais azul e mesmo nos dias nublados as pessoas jamais pudessem esquecer o quanto era bonito o azul do céu e que ele estava lá embaixo de todas aquelas nuvens. Sempre quis fazer do seu trabalho muito mais do que um simples trabalho, ela queria fazer do mundo um lugar lindo e cheio de amor, mesmo que não fosse o mundo todo, mas que fosse o mundo de quem ela pudesse fazer. Foi quando em um momento bastante confuso de sua vida, em meio a tantas coisas, que ela percebeu que mesmo com pouca grana ela poderia criar algo especial, e assim surgiu o Atelier Confetes ao Vento. Um cantinho especial, onde coisas simples se transformam. Onde cada peça produzida, leva na sua essência muito amor.





A realização de um sonho não é fácil e na verdade nunca será, mais quando lutamos por um sonho, ganhamos mais do que sonhamos.

Tudo o que sonhei vai além do que simplesmente um Atelier, vai além do que produtos, dinheiro, reconhecimento, não que isso tudo não seja muito bom, mas o que sonho de verdade é poder fazer a diferença, é transmitir amor através do que faço. É poder tocar as pessoas com o meu trabalho, mesmo que seja da forma mais simples.

Deus colocou pertinho de mim pessoas lindas e cheias de luz, para que estivessem comigo nessa caminhada. Pessoas que me inspiram e me motivam todos os dias. Uma dessas pessoas, ocupa um cantinho especial, um cantinho único. E que por isso acabou fazendo parte desse projeto junto comigo. Essa pessoa é o Matheus, um garoto cheio de ideias. Meu amigo, meu companheiro de trabalho e meu namorado. Ele fica do meu lado sempre, me ajuda, me da bronca(muitas vezes!!rsrs), e claro, sonha junto comigo.









    














Ainda não sei direito onde isso tudo vai dar, mas em meio a tantas lutas, lágrimas, encontros e desencontros sinto que aos poucos as coisas estão dando certo. As vezes até penso em desistir, mas toda vez que isso passa por minha cabeça Deus me surpreende de alguma forma, e me mostra que está no controle de tudo.

segunda-feira, 4 de abril de 2016

Faça você mesmo- Cabine telefônica de Londres

Olá gente linda! Estava com muita saudade desse cantinho, andei bastante ocupada com tanta coisa, que quase não me sobrou tempo de dar uma passadinha por aqui. Mas, depois de muito tempo, estou de volta. Dessa vez é pra ficar(VIVA!!!!! HeHe). Tenho várias ideias bem legais e já estou morrendo, ou melhor, vivendo de vontade de colocar tudo para funcionar. E para começar o meu primeiro post dessa nova etapa, preparei um passo a passo bem legal, super fácil de fazer e o melhor de tudo é  que os materiais são bem baratinhos. 
O faça você mesmo de hoje é uma cabine telefônica de Londrês muito fofa, feita com caixa de papelão. 

 A caixa que usei tinha 40cm de altura e 20cm de largura. Resolvi fazer com uma caixa grande, pois  vou usar para organizar alguns papéis que uso pra fazer os moldes aqui do atelier. Mas você pode usar o tamanho de caixa que quiser, pode usar para colocar lápis, canetas, pincéis de maquiagem... É só usar a imaginação.


      Pra começar eu resolvi abrir a caixa para ficar mais fácil para cortar, pintar e colar a parte da porta. Cortei as pontas da parte de cima da caixa um pouquinho arredondadas. Para cortar a porta da cabine usei o estilete. Medi 28 cm de altura e 18cm de largura. As tiras eu usei papel paraná, fiz a medida de olho mesmo, de maneira que ficassem todas da mesma largura, colei três tiras na vertical e cinco na horizontal, usando cola quente(Você pode usar cola branca também. Eu optei pela cola quente pois achei que ficou mais firme e seca mais rápido). 

    Dei duas demãos de tinta branca antes de passar a tinta vermelha, pra ficar bem direitinho. 


Colei novamente a lateral da caixa usando cola quente, mas também da para colar com cola branca. Pra fazer o acabamento na parte de cima da caixa, cortei quatro tirinhas de papel paraná e colei na parte arredondada. Depois dei mais uma demão de tinta vermelha na caixa toda. 
Cortei um pedaço de papel paraná, pintei de branco e colei em cima da porta da cabine, colei tirinhas de papel paraná pintadas de vermelho só para dar um detalhe. E para finalizar escrevi com tinta preta, mas você pode usar canetinha ou qualquer outra caneta preta. E prontinho! 
Com alguns materiais baratinhos e uma caixa de papelão você consegue fazer um item decorativo bem legal. É super fácil de fazer, não tem erro. Qualquer dúvida é só deixar nos comentários.