Tradução

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Caminhos diferentes





O tempo passou rápido demais, você se foi e eu não consegui te dizer adeus. Até hoje não entendo muito bem o que aconteceu entre nós. Mas lembro-me com clareza de todos os nossos momentos juntos. A nossa relação parecia perfeita, tínhamos uma conexão fora do comum, perto de você me sentia a pessoa mais importante do universo. Porém, tudo chegou ao fim, tomamos rumos diferentes, decidimos trilhar caminhos opostos. Acho que a vida tem dessas coisas, nos prega algumas peças, nos faz tomar decisões difíceis e por mais que tentemos fugir não podemos. Hoje você está tão distante de mim, nossa conexão já não existe mais, e tudo o que era tão único entre nós também já não existe. Como é possível isso acontecer entre duas pessoas que se amam? Como é possível amar alguém e deixar que essa pessoa se vá? Acho que não tenho a resposta para essas perguntas, talvez nem mesmo hajam respostas certas para elas. Só o que sei é que os momentos que tivemos juntos, foram bons, me ensinaram e me fizeram crescer. Você mostrou que existia muito mais coisas do que imaginei que existissem. Me fez perceber o quanto eu era especial, mesmo quando nem eu mesma acreditava que pudesse ser. Nossas conversas, nossas risadas, nossas brincadeiras, nossos olhares, nossos beijos tudo tão singular, tão único. As vezes ainda me pego pensando em você, me pego fazendo perguntas. Se haveria se quer uma única chance de voltarmos? E que se voltássemos, seria tudo como era antes? No entanto, acredito que não! Que o tempo que ficamos juntos foi o necessário, que foi importante, mas que  acabou. Confesso que ainda sinto saudades de nós, será que você também sente? Será que ainda pensa em mim, nem que seja por um breve momento? Você chegou como quem não queria nada, me ensinou muito, e depois simplesmente se foi, ou melhor, o tempo nós afastou. Tudo aconteceu gradativamente, começamos a olhar para lados diferentes um do outro, a buscarmos coisas diferentes e quando nos demos conta, já não tínhamos planos juntos, eu tinha os meus e você os seus. E então,sem que disséssemos adeus, cada um seguiu o seu próprio caminho.

Nenhum comentário: